sexta-feira, 23 de março de 2012

E O CHICO SE FOI


Não poderia de deixar registrado aqui o falecimento do maior humorista brasileiro, Chico Anysio.

Tá certo que hoje em dia, todo mundo se torna fã em questão de segundos, ao compartilhar videos, matérias, fotos e tudo mais nas redes sociais.

Mas na verdade queria destacar do Chico, na minha humilde opinião, a sua genealidade monstra em criar personagens. O cara, que pra mim só pode ser comparado a Jô Soares, se for o caso, dava o nome na comédia, no humor VERDADEIRO.

Hoje vemos os idiotas do Pânico, CQC, Rafinha Bastos, tentando fazer piadas, mas escolheram o caminho da ofensa, da comédia que insulta as pessoas e no fundo não alegra ninguém.

Chico fez a escola seguida por exemplo por Tom Cavalcante, Tiririca e outros, de um humor do bem. Aonde o mais importante é a diversão de todos os públicos.

Eu assisti muito Chico quando criança, sem falar na Escolinha do Professor Raimundo que era um escândalo de talentos dos verdadeiros humoristas desse país.

Enfim, foi, morreu, acabou a vida para ele, mas não a lembrança por um pequeno espaço de tempo é claro, afinal esquecemos rápido dos mortos, não é msm?

Não é hoje que a TV brasileira está sem graça, já faz um bom tempo mas hoje concordo que o humor perdeu um grande mestre, mas o andar de cima tá vibrando. Dercy tá que não se aguenta de alegria pra dar uns pegas em Chico ....rs

Mais sobre a vida e obra deste mestre clique em CHICO ANYSIO

Língua Felina 24 em homenagem a Chico Anysio.

AFOGAMENTO ACIDENTAL??




Sem dúvida a morte de Whitney Houston, um pouco mais de um mês atrás abalou o mundo artístico, milhares de fãs da cantora, dona de uma das mais lindas voz, pelo mundo todo.


Mas vamos pensar, foi realmente uma morte acidental?


Para mim, parece mais um suicídio. Talvez involuntário, mas lidar com a questão de um simples acidente, uma simples fatalidade está longe de me convencer.


Não sou um pessoa careta, ignorante no assunto. Mas pense comigo.


A pessoa que se vicia em substâncias ilícitas, deve ter a consciência na enrascada que pode estar entrando.


Um caminho que para muitos não há retorno.


Hoje em dia a fama é o maior atrativo dos jovens, fama dor artistas ou fama dos anônimos. 


Fama de anônimos? Sim ... se você é um frequentador de baladas, como eu, você deve conhecer muitas pessoas que são "famosas" nas baladas.


Mas vamos voltar a falar de Whitney. Um exemplo típico de uma pessoa fraca de emoções, fraca de amor próprio, fraca de personalidade.


Toda a sua beleza vocal, todo o seu dom musical, todo o seu talento indiscutível não foi suficiente para que ela não se matasse aos poucos.


Ah, mas ela teve muitos problemas com o ex marido, ela apanhou muito. Calma minha gente, vemos essa história se repetir várias vezes ao dia e nem por isso o final dessa mulher que apanha, que sofre agressões, é o vicio nas drogas.


Uma pena toda essa história, só consigo ter pena desta pessoa que deixou sua vida escorregar dentro de uma banheira e acabou com tudo de uma vez.


Agora só fica uma saudade grande de uma grande cantora. Ainda bem que vivemos em tempos ultra modernos e podemos apenas com alguns cliques nos deliciar um pouco com sua voz.

video


Mai detalhes sobre o resultado da necropsia AQUI


Vamos viver certos de que QUALQUER ação gera uma reação?? E nem sempre pode ser aquela que esperamos.


Um brinde eterno a VIDA !!


Língua Felina 24 é a favor da consciência dos atos sempre.