sábado, 10 de março de 2012

CRIANÇAS DO MAL


Todos, assim como eu, devem gostar de crianças, eu mesmo tenho 4 sobrinhos que amo de paixão, morro por eles se for necessário, mas por trás do sorriso infantil, pode-se esconder uma maldade sem precedentes.

Parecia um sábado comum, trabalhei em casa como de costume, no meio da tarde, chuva, trovões e o céu voltou a abrir.

Depois de um tempo, eu e meu roommate, ouvimos sons de um pássaro aparentemente agoniado. Quando abrimos a janela e olhamos para baixo, percebemos algumas crianças tentando capturá-lo, para mim a priore, o pássaro tinha fugido de um deles e estavam apenas tentando levá-lo para um lugar seguro. E ai que eu estava totalmente errado.

Meu amigo, continuou olhando na janela e começou observar um comportamento agressivo das crianças, o que parecia uma brincadeira infantil, mostrou-se um ato de agressão, de mal tratos para aquele pássaro indefeso que continuava a gritar, cada vez mais, como se clamando por socorro.

Sem pensar duas vezes, ele desceu e foi em resgate do pássaro, espantou aqueles pequenos demônios e trouxe o pequeno para casa.


Na foto acima vocês podem vê-lo assim que o colocamos em um local seguro, apesar de totalmente improvisado, um balde fundo, com um pano e colocamos uma luz para que ele se aquecesse. Ele tremia, tremia ... ofegante, fiquei em choque, porque não sei como cuidar de um pássaro com machucados visíveis, acho que ele não está com nada quebrado apenas com algumas escoriações, da pra se ver partes do seu corpo, por nas pancadas que levou daqueles filhos de guenga, várias penas dele foram rancadas.


Depois de algum tempo, parece que ele está mais recuperado e nesse tempo fizemos outra casa temporária pra ele, de papelão, mais quente ... até usamos uma colher de pau para simular um poleiro para o pequeno visitante.

O que mais me deixa irritado é que moramos em um condomínio com 3 torres, com 9 andares cada com 64 apartamentos e apenas nossa janela foi aberta para o barulho que estava sendo feito e ainda os únicos que saíram em defesa do pequeno pássaro.

E vale lembrar, que esses demônios disfarçados de crianças serão os assassinos de pais, irmãos, filhos soltos pela rua.


video


Sem estrutura nenhuma para receber o pássaro está tudo improvisado, a casa, a alimentação, mas o que mais estou preocupado é se ele irá sobreviver.

Pensamos em chamá-lo de GREEN (verde), já que é sua cor predominante, e também não sabemos se é macho, fêmea ou misturado... rs

Não sei ainda se ele ficará conosco, um passo de cada vez, mas tenho certeza de que estamos nos sentindo muito bem pelo que fizemos...

Língua Felina 24 em defesa aos animais.

NO DIA SEGUINTE, DOMINGO 11/03 GREEN MORREU, NÃO RESISTIU AOS MAUS TRATOS RECEBIDOS. QUE ELE DESCANSE EM PAZ =/

Nenhum comentário:

Postar um comentário